quarta-feira, 25 de agosto de 2010

“Pelo Direito à Terra e à Soberania Alimentar”

Centro de Humanidades promoverá seminário “Pelo Direito à Terra e à Soberania Alimentar”

Seg, 23 de Agosto de 2010 15:22


........
O Centro de Humanidades (CH) da UEPB, em Guarabira, promoverá o Seminário Diocesano sobre o Plebiscito Popular pelo limite da propriedade da terra, em parceria com a Diocese daquele município. O evento acontecerá nesta quinta-feira (26), a partir das 8h, no Auditório do CH, sob a temática “Pelo Direito à Terra e à Soberania Alimentar”. O Seminário busca discutir com os mais diversos segmentos da sociedade civil o tópico da propriedade rural, tendo em vista, igualmente, que haverá um plebiscito entre os dias 01 e 07 de setembro, organizado pela Diocese de Guarabira através das Pastorais Sociais.

Consta na programação, a presença do bispo diocesano Dom Lucena, Monsenhor Luis Pescarmona e da comunidade quilombola Caiana dos Crioulos, advinda da cidade de Alagoa Grande (PB). O professor e diretor do CH, Belarmino Mariano Neto e a coordenação estadual da Comissão Pastoral da Terra - que abordará o tema “Limite da propriedade da terra: um direito do povo, um dever do Estado” - também estarão presentes.

O Centro de Referência em Direitos Humanos do Agreste da Paraíba (CRDHA/PB) está contribuindo com o evento, bem como com promoção e defesa dos Direitos Humanos. Implementado no Centro de Humanidades em Guarabira, em março de 2010, o CRDHA funciona graças a uma parceria entre a UEPB e a Secretaria Especial de Direitos Humanos.

O objetivo geral do projeto compreende a instalação de um Núcleo Fixo de atendimento na cidade de Guarabira e o desenvolvimento de ações itinerantes através de quatro núcleos móveis. Os objetivos específicos envolvem o atendimento a cerca de 6 mil pessoas no período de execução do projeto; prestação de assistência jurídica nos casos necessários, priorizando a mediação; orientação de cidadãos sobre seus direitos; e construção de uma Rede de Direitos Humanos no Agreste da Paraíba.

Juliana Rosas

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Estudos Demográficos e Econômicos

Universidade Estadual da Paraíba – UEPB
Centro de Humanidades
Departamento de Geo – História - Curso de Licenciatura Plena em Geografia
Disciplina: Estudos Demográficos e Econômicos
Professora: Belarmino Mariano Neto (belogeo@yahoo.com.br)
http://observatoriodoagreste.blogspot.com
Carga Horária Total: 132h/aulas Ano: 2010.2

PLANO DE CURSO

I – EMENTA
Evolução da vida na Terra. As sociedades comunitárias. A população mundial. Teorias Demográficas. Malthus. Crescimento demográfico. Os movimentos populacionais. A Política demográfica. População e atividades econômicas. População rural e urbana. A transição Demográfica. A população brasileira. Taxas de natalidade e mortalidade. Índices de crescimento. Expectativa de vida e de qualidade de vida das populações. O homem como produtor e consumidor e Desenvolvimento. Os sistemas econômicos-sociais e a organização do espaço. Aplicação dos estudos populacionais e econômicos ao espaço brasileiro.

OBJETIVOS

II – OBJETIVOS GERAIS:
Caracterizar as diversas formas de ocupação do espaço terrestre pelo homem e a utilização dos recursos disponíveis e a sua distribuição geográfica. Analisar a evolução dos sistemas sócio-econômicos e as formas de organização do espaço geográfico elaborado a partir da relação sociedade natureza.

III – OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
Desenvolver no aluno a capacidade de análise e compreensão dos diferentes momentos que atravessou a evolução dos sistemas sócio-econômicos e a organização do espaço geográfico mundial.
Levar o aluno a compreender o papel desempenhado pela sociedade na produção do espaço geográfico.

IV – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1 – ASPECTOS TEÓRICOS E METODOLÓGICOS
DA GEOGRAFIA DA POPULAÇÃO;
1.1 Conceito de população.
1.2 Geografia da População. Demografia e suas relações com as ciências sociais.
1.3 Fontes de dados para os estudos populacionais.
1.4. Evolução da vida na Terra. As sociedades comunitárias.

2 – EVOLUÇÃO E ESTRUTURAÇÃO DA POPULAÇÃO
NO ESPAÇO GEOGRÁFICO
2.1 A população mundial: dinâmica do crescimento, fecundidade, natalidade, mortalidade,crescimento vegetativo
2.2 Explosão e implosão demográfica
2.3 Composição por sexo e idade, pirâmide etária.
2.4 Estrutura etária da população brasileira.
2.5 Grupos étnicos.

3 – MOBILIDADE DA POPULAÇÃO
3.1 Migrações populacionais no Brasil.
3.2 Tipologia das migrações.
3.3 Causas e conseqüências da migrações.
3.4 A emigração.
3.5 Êxodo urbano e rural.

4 – POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS
4.1 A teoria Malthusiana.
4.2 A teoria Antimalthusiana.
4.3 A teoria Neomalthusiana.

5 – POPULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO.
5.1 População economicamente ativa e inativa, rural e urbana.
5.2 As diversidades de formas de trabalho.
5.3 A estrutura social por atividade econômica
5.4 Distribuição de renda

6 - INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS ECONÔMICOS
6.1 - O homem como produtor e consumidor e o desenvolvimento.
6.1.1 Alguns modelos de sociedades, formas de organização social, econômica e política e as suas transformações.
6.1.2 O modelo escravista da Antiguidade.
6.1.3 O modelo feudal europeu.
6.1.4 O modelo capitalista mercantilista colonial europeu.
6.1.5 O modelo capitalista urbano industrial europeu.

7 - SISTEMAS ECONÔMICOS
7.1 - Os Sistemas Econômico-sociais e a produção do Espaço geográfico
7.1.1 Características do Espaço geo-econômico
7.1.2 Características do Espaço Geográfico: Espaço rural e urbano
7.1.3 A relação homem-natureza e sociedade natureza
7.1.4 A divisão internacional do Trabalho e os Desníveis de Desenvolvimento
7.1.5 Colonização

8 – O MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA
8.1 A Revolução Industrial
8.2 Pré-Condições
8.3 A Grã-Bretanha como líder da Revolução Industrial
8.4 As condições de trabalho nas unidades de produção
8.5 Acumulação Capitalista – mais – valia

9– GLOBALIZAÇÃO
9.1 Capitalismo e Socialismo
9.2 A mundialização da economia
9.3 O espaço técnico – científico
9.4 A formação dos grandes blocos econômicos
9.5 Capitalismo central e capitalismo periférico
9.6 O Brasil no contexto da Globalização

V – METODOLOGIA - ESTRATÉGIAS DE ENSINO
Trabalho em grupo, seminários, pesquisas de campo, exposições de textos produzidos, pesquisas bibliográficas, formação de banco de dados, interpretação de textos e mapas. Excursões, exposições fotográficas, aplicação de questionários em comunidade, extensão.

VI – RECURSOS TÉCNICO-PEDAGÓGICOS
Utilização de mapas, vídeos, retroprojetor, leitura e estudos dirigidos, aulas expositivas, excursões para locais de estudos, construção de relatórios de campo.

VII – AVALIAÇÃO
Relatório de campo em excursões, debates, provas, trabalhos práticos, questionamento oral e observação do desempenho.

VIII – REFERÊNCIAS

ANDRADE, Manuel Correia. Geografia Econômica. 7.ed. São Paulo: Atlas, 1981.
BEAUJEU-GARNIER, J. Geografia de População. 2.ed. São Paulo: Nacional, 1980.
BRETON, Roland J.-L. Geografia das Civilizações. São Paulo: Ática, 1990.
CLAVAL, Paul. A geografia cultural. Florianópolis: UFSC, 1999.
DAMIANI, Amélia. População e geografia. São Paulo: Contexto, 1991.
GOMES, Horieste. A Produção do espaço geográfico no capitalismo. São Paulo: Contexto, 1990.
RODRÍGUEZ, Sonia Montiel; COTILLA, Francisco Trilla. Geografía de la población. Havana: Universidad de la Habana, 1986.
WETTSTEIN, German. Subdesenvolvimento e geografia. São Paulo: Contexto, 1992.
HUBERMAN, Leo.“História da riqueza do Homem” Zabar Editores – R.J – 1982.
MARX, Karl. “A oriegem do Capital – a acumulação primitiva” Global Editora – Coleção Bases - S.P. 1979.
IANNONE, Roberto. “ A Revolução Industrial” Ed. Moderna - S.P. – 1998
IBGE – Dados referente ao Censo 2000