segunda-feira, 18 de março de 2019

Bolsonaro visita Trump e abre o Brasil aos interesses geopolíticos americanos

Por Belarmino Mariano
Bolsonaro foi ao Estados Unidos para dar a bença ao Trump e lhe oferecer as nossas riquezas. Já chegou dizendo que todas as portas do Brasil estão totalmente aberta aos americanos e que eles nem precisam apresentar passaporte para entrar nas terras brasileiras.
O Presidente foi tratar principalmente sobre acordo que permite a Base Aeroespacial e militar de Alcântara para uso dos americanos. Com esse ato, o Brasil diminui sua soberania nacional e permite aos EUA, explorar seus programas espaciais nesta base, pois é a melhor localização geoespacial para o lançamento de objetos para o espaço. Ou seja, um potencial geopolítico estratégico para do Brasil, que passa a ser entregue de mão beijada para a maior potência militar do mundo.

sábado, 16 de março de 2019

BOLSONARO PRIVATIZA 12 AEROPORTOS BRASILEIROS

Aeroporto de Florianópolis - Diário Catarinense.

Por Belarmino Mariano Neto


O governo Bolsonaro tem muita pressa em se desfazer do controle de empresas brasileiras e de setores estratégicos da economia. No ultimo dia 16 de março, o Jornalista José Luis Aranda, diretamente de Madri, Espanha, publicou um artigo de economia no El País, com destaque para a Estatal espanhola que comprou o direito de administrar seis aeroportos no Nordeste do Brasil, por até 35 anos. Ou seja, enquanto os governos europeus buscam fugir do neoliberalismo, O governo de Bolsonaro adota o ultra-neoliberalismo e vende até Aeroportos,

Paulo Guedes esta agradando os investidores internacionais, sinal que as empresas brasileiras são lucrativas e vantajosas, pois rapidamente foram privatizados 12 aeroportos brasileiros. Nós já sabemos que todo o investimento feito nos últimos anos, pelos governos de Lula/Dilma, tornaram nossos aeroportos, extremamente moderno e com gigantesca capacidade de operação, com cerca de 20 milhões de passageiros por ano.

domingo, 10 de março de 2019

Geografia, Textos, Contextos e Pretextos para o Planejamento Ambiental

Por Belarmino Mariano


Estava fazendo uma varredura em minhas publicações e encontrei em livre digital, que publiquei em impresso pela Gráfica São Paulo/Guarabira em 2003 e depois disponibilizei em PDF para a Biblioteca do SEBRAE Paraíba. De repente pode ter alguma coisa por aqui que lhe interesse.
Segue o Link
http://www.bibliotecas.sebrae.com.br/chronus/ARQUIVOS_CHRONUS/bds/bds.nsf/F059693DC8F0E34F03256FDD0047C64D/$File/NT0003149A.pdf 

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

BOLSONARO E O TIPO DE AMOR QUE NÃO PODE DAR CERTO NA LUZ DA MANHÃ


Por: Heitor Toscano (Advogado).

Em tom solene, postado na cama do hospital, o Presidente da República falou, pausadamente, sobre sua recuperação do mais recente procedimento cirúrgico. Diante da cada vez mais evidente constatação de que Bolsonaro é o mandatário que não manda, a divulgação do vídeo quer significar, na lógica de sua assessoria pessoal, uma espécie de lembrete ao povo de que, sob qualquer circunstância, ele e sua caneta BIC continuarão exercendo hierarquia e determinando os rumos do governo. Porém, nem a mais astuta estratégia de marketing político é capaz de esconder a percepção social dos (des) caminhos de sua gestão. Quando se sente a necessidade de montar o gabinete da presidência dentro de um Hospital, quem na verdade está acamado é o governo. Evidencia, nesse ponto, a fraqueza de conteúdo e a ausência de confiança em seus pares, ou deles em relação ao próprio Presidente. Inacreditavelmente, em sua mensagem, Bolsonaro repetiu truísmos sobre a Saúde Pública no Brasil e aproveitou o ensejo para, mais uma vez, fazer ilações sobre o atentado que sofreu, na busca por seu "culpado favorito". Virou refém da única linguagem que aprendeu a utilizar: a de campanha. Quando provocado a falar sobre projetos ou programas, se limita a dizer que retirará o "viés ideológico" de "tudo isso que está aí". Ele sabe que a repetição dessa máxima bolsonarista tem prazo de validade, assim como fica claro que até o mais fiel devoto perderá a paciência com a carência de ações mais concretas de seu governo. Sob a sombra de uma campanha intencionalmente polarizada, seu discurso se notabilizou e o levou a vitória. Agora exposto, mostra que seu governo, até para seus seguidores, como na música de Caetano, é o tipo de amor que não pode dar certo na luz da manhã.

domingo, 10 de fevereiro de 2019

PERGUNTAS E RESPOSTAS sobre o caso Lula

Por: Valter Pomar

1. Quantos procedimentos judiciais há contra Lula?
Centenas!

2. Por qual motivo há tantos procedimentos judiciais contra Lula?
Os inimigos dizem que Lula “fez por merecer”. A verdade é que, incapazes de derrotar Lula eleitoralmente, seus inimigos montaram uma farsa judicial com o objetivo de condenar e prender a maior liderança popular da história do Brasil. E quanto mais processos existirem, mais forte é a impressão de que “onde há fumaça, há fogo”.

3. Quantos procedimentos judiciais já foram totalmente concluídos?
Nenhum. O mais avançado é o referente ao apartamento no Guarujá, que já foi julgado em segunda instância. Depois vem o processo referente ao Sítio de Atibaia, cuja sentença de primeira instância saiu no dia 6 de fevereiro de 2019. Em seguida há o processo sobre o Terreno do Instituto Lula, que está para ser julgados em primeira instância.

4. Se nenhum procedimento judicial foi concluído, Lula não deveria estar solto?
Com certeza! Segundo a Constituição brasileira, Lula deveria estar respondendo em liberdade.

5. Se a Constituição diz que Lula deveria estar solto, por qual motivo ele está preso?
Lula está preso porque, por maioria de um voto (6 contra 5), o Supremo Tribunal Federal autorizou que Lula fosse preso, mesmo que ele só tenha sido condenado em segunda instância.

6. Por qual motivo o Supremo Tribunal Federal autorizou a prisão de Lula?
A maioria dos juízes do Supremo Tribunal Federal sofreu chantagem dos meios de comunicação e do Alto Comando do Exército. Foram pressionados para que votassem contra o ex-presidente Lula, para que ele continuasse preso.

7. Mas por quê Lula foi condenado em segunda instância?
Porque os desembargadores que fazem parte do 4º Tribunal Regional Federal aceitaram a sentença escrita pelo juiz de primeira instância, embora ela não trouxesse qualquer prova contra o Lula. Ele foi condenado por “atos indeterminados”!

8. Quem era o juiz de primeira instância?
Naquele momento, era o Sérgio Moro, o atual ministro da Justiça do governo Bolsonaro! Sim: o juiz que primeiro julgou e condenou Lula, o juiz que contribuiu decisivamente para tirar Lula da disputa eleitoral, este mesmo juiz aceitou ser ministro da pessoa que foi a maior beneficiada pelo julgamento: Jair Bolsonaro. Que só ganhou a eleição porque Lula foi impedido de concorrer.

9. Se Lula mora em São Paulo, por qual motivo ele foi julgado por um juiz do Paraná?
Porque foi cometida uma fraude processual.

10. Que fraude foi essa?
Moro era responsável por julgar os processos envolvendo a Petrobrás. Para fazer Lula ser julgado por Moro, o Ministério Público incluiu, em diversos procedimentos judiciais contra Lula, acusações envolvendo a Petrobrás.

11. Esse envolvimento existia ou não existia?
Não existia e nunca existiu. Quem confirma isso é o próprio Moro, que na sentença de condenação contra Lula escreveu o seguinte: “Este juízo jamais afirmou, na sentença ou em lugar algum, que os valores utilizados pela construtora nos contratos com a Petrobrás foram utilizados para pagamento de vantagem indevida para o ex-presidente”.

12. Mas se o próprio Moro reconheceu que a acusação contra Lula não envolvia a Petrobrás, então ele não deveria ter transferido o caso para outro juiz, abrindo mão de julgar Lula?
Deveria. Mas se ele fizesse isso, a condenação não existiria ou pelo menos demoraria mais para sair. E eles queriam condenar Lula rapidamente, em tempo de impedir que ele fosse candidato à Presidência da República, nas eleições de 2018.

13. Mas afinal de contas, Moro condenou Lula com base em qual acusação?
Com a acusação de que ele teria ganho um apartamento no Guarujá, em troca de favores que ele concedeu a uma empreiteira.

14. Lula ganhou esse apartamento?
Não. Lula não é proprietário de nenhum apartamento no Guarujá. Lula nunca morou no Guarujá. Lula não tem as chaves de nenhum apartamento no Guarujá. Ninguém da família de Lula é proprietário de nenhum apartamento no Guarujá.

15. Mas Moro afirmou que o apartamento foi reformado para que Lula pudesse morar nele, não foi?
Afirmou. Acontece que é mentira do Moro. Essa reforma nunca existiu. O Movimento dos Sem Teto ocupou o tal apartamento e comprovou, com fotografias, que nunca foi feita reforma alguma. A equipe de reportagem do UOL filmou o apartamento e mostrou que a história da reforma era uma farsa inventada para ferrar o Lula.

16. De quem é o apartamento, afinal?
Segundo os registros em cartório, o apartamento é da empreiteira.

17. Mas se é assim, com base em que provas Moro condenou Lula?
Com base em uma delação premiada do dono da tal empreiteira.

18. O que é uma delação premiada?
Na delação premiada, um criminoso colabora com a polícia ou com o Ministério Público. Se as revelações que ele fizer forem do interesse da força tarefa da chamada Operação Lava Jato, então o delator pode obter prêmios: grande redução de pena, usufruir parte do dinheiro que roubou etc.

19. Mas se foi utilizada como prova, então a delação do dono da empreiteira foi confirmada?
Foi confirmada por outra delação premiada. Noutras palavras: dois criminosos se juntaram para fabricar provas contra um  inocente. O inocente foi condenado, o juiz virou ministro e os delatores estão livres.

20. Mas isto não deveria ter sido levado em conta no julgamento em segunda instância?
Sim, deveria. Mas os desembargadores da 8ª Turma do 4º Tribunal Regional Federal já haviam decidido que o juiz Moro tinha o direito de julgar “no limite da lei”. Ou seja, Moro podia, no caso de Lula, “interpretar” a lei. E quando chegou a vez deles, os desembargadores fizeram o mesmo. Violaram assim um princípio constitucional: o da impessoalidade.

21. Quando o caso de Lula será julgado em terceira instância?
A qualquer momento, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) poderá julgar o recurso feito pela defesa de Lula no caso do apartamento no Guarujá.

22. Existe alguma chance de absolvição ou de revisão da pena?
Há uma maioria no STJ decidida a manter a condenação. Entretanto, pode existir alguma alteração na pena que foi aplicada pelo Tribunal Regional Federal.

23. Caso o STJ reduza a pena, Lula pode ser solto?
Em tese sim. Mas só pode ser beneficiado por progressão de pena, quem pagar as multas. E Lula foi condenado não apenas à prisão, mas também a pagar uma multa imensa. Além disso, há outros processos contra Lula que estão para ser concluídos.

24. Qual foi a acusação no caso do Sítio de Atibaia?
É parecida com a do apartamento. Lula foi acusado de ter sido beneficiário de reformas feitas num sítio. As reformas teriam sido feitas por uma empreiteira, em troca de supostos favores concedidos por Lula.

25. O sítio é de Lula?
Não, o sítio não é de Lula. Neste caso, nem mesmo Moro teve coragem para inventar isto.

26. Lula encomendou as reformas?
Não. Neste caso, pelo menos até agora, nem mesmo o delator premiado teve coragem de inventar isto.

27. Mas se o sítio não era de Lula, nem foi ele que encomendou as reformas, ele é acusado do quê?
De ter sido o beneficiário final das reformas. Ou seja: a acusação é que Lula presidiu o Brasil por 8 anos, durante seu governo uma empreiteira ganhou muito dinheiro, em troca esta empreiteira fez uma reforma num sítio que não era de Lula, mas que Lula frequentava.

28. Lula frequentava este sítio?
Sim. O sítio pertence a uma família de quem Lula é amigo desde 1978.

29. Lula também foi condenado neste processo do sítio?
Sim. No dia 6 de fevereiro de 2019, a juíza Gabriela Hardt (substituta escolhida a dedo por Sérgio Moro, agora ministro da Justiça) condenou Lula a 12 anos e 11 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Neste caso usaram os mesmos procedimentos adotados no caso do apartamento no Guarujá, especialmente a delação premiada.

30. E qual é a acusação no caso do terreno do Instituto Lula?
A de que uma empreiteira teria favorecido o Instituto Lula com um terreno, em troca de favores concedidos por Lula quando ele era presidente.

31. O Instituto Lula recebeu este terreno?
Não, nunca!

32. Certo. Então, se o Instituto Lula nunca recebeu este terreno, Lula é acusado do quê?
Na real? De ter pretendido cometer um crime.

33. Você está de gozação?
Não. Quem está de gozação é o Ministério Público. Mas é uma gozação perversa, sem graça, porque tudo caminha para que Lula também seja condenado neste caso.

34. Com base em que provas?!?
Novamente, com base em delações premiadas, segundo as quais Lula pretendia cometer o crime de receber o tal terreno de uma empreiteira.

35. Então nas próximas semanas, Lula poderá ser novamente condenado?
Sim. Inclusive poderá ser condenado, em terceira instância, naquele primeiro processo, o do apartamento no Guarujá.

36.Além dos processos do Apartamento, do Sítio e do Terreno, há algum outro processo contra Lula que seja mais relevante?
Há sim. Há uma ação penal que afirma que Lula era chefe de uma “organização criminosa”, atuante entre 2002 e 2016, que tinha como objetivo controlar o governo federal para praticar seus ilícitos.

37. Que “organização criminosa” era essa?
Segundo a tal ação penal, a organização criminosa chefiada por Lula chama-se Partido dos Trabalhadores, o PT. Portanto, segundo a força tarefa da Operação Lava Jato, o PT não é um partido, mas uma “orcrim”. O objetivo desta ação penal é muito clara: não apenas condenar Lula, mas condenar também o PT. E se o PT for condenado, eles pretendem cassar a legenda do Partido.

38. É por esses motivos que muita gente afirma que Lula é inocente?
Sim. Quem tiver a paciência de ler as milhares de páginas dos processos, especialmente a sentença de Sérgio Moro no primeiro processo, vai se dar conta de não existem provas para condenar Lula. E na ausência de provas, ninguém pode ser condenado. Como diz o ditado: todo mundo é inocente, até prova em contrário. E no caso de Lula, a prova em contrário não apareceu. Nem vai aparecer. É por isso que juristas renomados do mundo todo, e até a Comissão de Direitos Humanos da ONU, já protestaram contra a maneira como estão sendo conduzidos esses processos contra Lula.

39. De onde você tira tanta certeza de que não vai aparecer prova alguma?
Simples: Lula é investigado desde 1980. Nunca apareceu nenhuma prova de que ele tivesse cometido nenhum crime. Já contra seus adversários, basta investigar um pouquinho que as provas aparecem. Veja o caso da família Bolsonaro.

40. Mas mesmo que não existam provas, eu não posso achar que Lula tem “culpa no cartó

MANIFESTO PELA PAZ NA VENEZUELA

🕊🇻🇪 *MANIFESTO PELA PAZ NA VENEZUELA*🇻🇪🕊
_COMITÊ BRASILEIRO PELA PAZ NA VENEZUELA_

As entidades, movimentos e personalidades que compõem o Comitê Brasileiro pela Paz na Venezuela defendem a soberania e a autodeterminação dos povos e por isso vêm a público manifestar-se:

*1. Denunciamos que está em curso mais uma tentativa de Golpe de Estado na Venezuela. Esta ofensiva internacional vem sendo liderada pelo governo dos EUA e apoiado pelos seus capachos na América Latina e na Europa.* Juan Guaidó não foi eleito presidente, se autoproclamou em uma manifestação da oposição, tornando-se a marionete necessária para concretizar o golpe e garantir os interesses imperialistas na Venezuela. Guaidó tem apoio político e econômico de fora da Venezuela, mas no país não conta com o respaldo e a legitimidade da maioria do povo.

*2. Repudiamos toda e qualquer ameaça de ingerência e de intervenção militar contra a Venezuela*, que abrem um possível cenário lastimável de guerra nas fronteiras com o Brasil e com outros países da América do Sul, colocando em risco a vida do povo venezuelano, brasileiro e latino-americano.

*3. Repudiamos as declarações intervencionistas do Governo Brasileiro, expressadas pelo presidente Jair Bolsonaro e seu chanceler Ernesto Araújo*, que rompem com a tradição da diplomacia brasileira de busca pela paz, pelo diálogo e pela integração regional.

*4. Repudiamos as manifestações intervencionistas dos governos do “Grupo de Lima” e dos países membros da União Europeia*, que reconheceram Guaidó como presidente e querem interferir sobre as eleições venezuelanas.

*5. Repudiamos o cruel bloqueio econômico praticado pelos EUA contra o povo venezuelano, recentemente os EUA sequestraram bilhões de dólares venezuelanos* que estão em bancos estadunidenses, coroando o cerco econômico que já vem sendo praticado há cerca de três anos com o objetivo claro de desestabilizar o apoio popular mantido pelo governo de Maduro, à custa de privar a população de medicamentos, de alimentos e de produtos de higiene.

*6. Denunciamos os interesses internacionais em apossar-se do petróleo e dos bens naturais que pertencem ao povo venezuelano.* Para nós está evidente que o objetivo de Trump é o de apossar-se não só dos bens venezuelanos nos EUA, mas de pilhar o petróleo e os recursos naturais da nação com a instalação de um governo títere. Para tanto, golpes de Estado e ameaças de intervenção militar já foram largamente utilizados, como sabemos, em outras regiões do planeta.

*7. Denunciamos a Rede Globo e todas as grandes empresas de comunicação brasileiras e internacionais que manipulam as informações e difundem mentiras* sobre o governo de Nicolás Maduro e sobre que está acontecendo na Venezuela, confundindo a população e atuando diretamente na ofensiva internacional para desestabilizar e desconhecer a soberania do povo venezuelano. 

*8. Defendemos a soberania e autodeterminação do povo venezuelano, que tem o direito de escolher seu próprio destino* através da eleição de seus governos, sem nenhuma ingerência externa.

*9. Reconhecemos o governo legítimo de Nicolás Maduro*, vencedor com 67% dos votos válidos de eleição realizada no dia 20 de maio de 2018 contra quatro candidatos da oposição. Tal eleição esteve sob a supervisão de 200 observadores internacionais, que atestaram a lisura, transparência e legitimidade de todo o processo.

*10. Defendemos todas as iniciativas de Diálogo e de Paz que respeitem a soberania do povo venezuelano.* Saudamos a iniciativa dos governos do México e do Uruguai que começarão no dia 07 de fevereiro. Saudamos as manifestações do Papa Francisco e todas as lideranças religiosas, artistas, políticos, personalidades e entidades que tem se manifestado neste sentido.

*Por fim, nos comprometemos:*
- Estaremos em alerta sobre o que está acontecendo na Venezuela, conscientes de que não é somente uma questão de justiça e solidariedade, mas que se trata do destino do povo brasileiro e do povo latino-americano.

- Estaremos mobilizados nas ruas, nos campos, nas universidades, nos sindicatos, nos movimentos, nos partidos, nas igrejas, nos meios de comunicação, e em todos os lugares possíveis de estabelecer um diálogo com a população sobre o quê está acontecendo na Venezuela e sobre  por que é tão importante e urgente tomar partido neste momento.

*Comitê Brasileiro pela Paz na Venezuela*
_São Paulo, 06 de fevereiro de 2019._ 

*ASSINAM:*
_ORGANIZAÇÕES_
1. Ação Antifascista
2. Afronte Juventude Anti Capitalista
3. Articulação Brasileira dos Movimentos da ALBA
4. Brigadas Populares
5. Central de Movimentos Populares – CMP
6. Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB
7. Central Única dos Trabalhadores – CUT
8. Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz – Cebrapaz
9. Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé
10. Centro de Estudos e Pesquisa Ruy Mauro Marini
11. Coletivo Abrebrecha
12. Coletivo Democracia Corinthiana - CDC
13. Comissão Pastoral da Terra - CPT
14. Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino – CONTEE
15. Conselho Mundial da Paz – CMP
16. Consulta Popular
17. Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas - CONAQ
18. Coordenação Nacional de Entidades Negras – CONEN
19. Corrente Resistência - PSOL
20. Corrente Revolução Brasileira - PSOL 
21. Corrente Sindical Unidade Classista
22. Federação Sindical Mundial – FSM
23. Federação Única dos Petroleiros – FUP
24. Fundação Lauro Campos
25. Grupo de Estudos em Educação Ambiental desde el Sur da UNIRIO
26. Intersindical – Central da Classe Trabalhadora
27. Intifada - Grupo Pró Palestina
28. La Casa Argentino-Cubana y en Solidaridad con los Pueblos Oprimidos
29. Levante Popular da Juventude
30. Marcha Mundial de Mulheres – MMM
31. Movimento Camponês Popular - MCP
32. Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas - MLB
33. Movimento de Moradia no Centro - MMC
34. Movimento de Mulheres Camponesas – MMC
35. Movimento de Pescadores e Pescadoras Artesanais do Brasil - MPP
36. Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB
37. Movimento dos Pequenos Agricultores - MPA
38. Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST
39. Movimento Nacional Contra Corrupção e pela Democracia - MNCCD
40. Movimento Paulista de Solidariedade à Cuba
41. Movimento pela Soberania Popular na Mineração – MAM
42. Movimento Terra Livre
43. Movimento Trabalhadores Sem Teto - MTST
44. Partido Comunista Brasileiro - PCB
45. Partido Comunista do Brasil – PCdoB
46. Partido Comunista Operário - PCO
47. Partido dos Trabalhadores – PT
48. Partido Socialismo e Liberdade - PSOL
49. Pastoral da Juventude Rural – PJR
50. Política Econômica da Maioria - POEMA
51. Rede de Médicas e Médicos Populares
52. Refundação Comunista
53. Sindicato dos Professores de Guarulhos - SINPRO/Guarulhos
54. União Brasileira de Mulheres – UBM
55. União Brasileira dos Estudantes Secundaristas – UBES
56. União da Juventude Comunista - UJC
57. União da Juventude Socialista – UJS
58. União Nacional dos Estudantes – UNE
59. Unidade Popular pelo Socialismo - UP

_APOIADORES_
1. Aline Cristiane Piva
2. Aurelio Laborda - Médico
3. Berna Menezes - Executiva Nacional do PSOL
4. Celso Sánchez - Professor da UNIRIO
5. Francisvaldo Mendes - Presidente da Fundação Lauro Campos
6. Guilherme Boulos - Ex candidato a presidente pelo PSOL
7. Jair Pinheiro - Professor de Ciência Política na FFC/UNESP/Marília
8. José Carlos Miranda – Conselheiro Fundação Lauro Campos
9. Juliano Medeiros - Presidente Nacional do PSOL
10. Lúcia Rodrigues, Jornalista
11. Rodrigo Bocão - Executiva Nacional do PSOL
12. Samuel Pinheiro Guimarães – Embaixador e ex-Secretário-Geral do Itamaraty
13. Socorro Gomes - Presidente do Conselho Mundial da Paz
14. Valerio Arcary - Historiador

https://paznavenezuela.wordpress.com/2019/02/06/manifesto-pela-paz-na-venezuela/

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

O GURI DE D. LINDU VAI CONCORRER AO  NOBEL DA PAZ


> Por: Sebastião Costa

>  Quando nasceu o rebento de D. Lindu não era o momento dele rebentar. É que já haviam seis filhos pra dá de comer naquele chão esturricado em meio às caatingas pernambucanas.
> Já foi nascendo com cara de fome e Luiz Inácio era o nome que tinham pra lhe dar.

> Como foi levando nem ele sabe explicar.

> E muito menos os cidadãos brasileiros desse país de mentalidade elitizada e profundamente injusto, sabe explicar como um menino que nasceu em casa de taipa e bebeu água misturada com urina de animal, pôde se tornar o melhor presidente da história do Brasil em todos os tempos(pesquisa Datafolha).
>
> O fato é que, o argentino Adolfo Perez Esquivel juntou o conjunto de sua obra social e a beleza de sua história e no dia primeiro de fevereiro vai oficializar junto ao Comitê Norueguês do Nobel, a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva ao prêmio Nobel da Paz
>
> A campanha de abaixo-assinados iniciada  ano passado já recolheu  500 mil assinaturas em todo mundo, mas para concorrer ao prêmio, há a exigência da adesão formal á candidatura, entre outras personalidades, de cidadãos ou entidades que já receberam o Nobel.
> Nesta linha, além do argentino Esquivel já garantiram apoio à Lula, o egípcio El-Baradei e a  Central Sindical da Tunísia - UGTT, vencedores do  Nobel da Paz em 2005 e 2015 respectivamente
>
> Os argumentos que respaldam o documento de solicitação estão ancorados em números do IBGE, constatando a redução de 50% na taxa de desemprego; apresenta dados do Instituto de Estudos e Pesquisa Aplicada (IPEA) ratificando a diminuição consistente das desigualdades sociais ( índice GINI ) e lança mão dos indicadores do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), demonstrando uma elevação importante no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) durante o governo do ex-sindicalista
>
> Na frase de apresentação do documento, toda sensibilidade social do candidato em discurso de posse de seu primeiro mandato
> - Precisamos superar a fome, a pobreza e a exclusão social. Nossa guerra não é para matar ninguém, é para salvar vidas
>
> O raciocínio é de que a revolução social produzida durante seu governo, especialmente num país profundamente injusto como o Brasil,  e sua trajetória de vida, o colocam como  candidato com chances reais de se tornar o primeiro brasileiro a receber esta honraria, já outorgada a personalidades como  Nelson Mandela e Martin Luther King.
  
   O Brasil raivoso, preconceituoso anda com ódio dessa história
   Já o Brasil consciente, sensível segue torcendo com muita força por um brasileiro extraído dos grotões da pobreza se tornar uma referência mundial
>
> Sebastião Costa