sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Especialização em Fundamentos da Educação e Práticas Pedagógicas Interdisciplinares


O Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), está oferecendo Curso de pós-graduação lato sensu – Especialização em Fundamentos da Educação: Práticas Pedagógicas Interdisciplinares aos professores da rede estadual de ensino. As inscrições são gratuitas e deverão ser realizadas via internet, por meio de preenchimento de formulário disponibilizado no endereço eletrônico: www.sec.pb.gov.br/consulta/especializacao, a partir desta segunda-feira (19) até 30 de novembro de 2012.
De acordo com a secretária de Estado da Educação em exercício, Márcia Lucena, o curso de pós-graduação objetiva promover a formação continuada dos profissionais graduados e efetivos que atuam na rede estadual de educação básica. Ela explica que no curso os profissionais terão a oportunidade fazer a capacitação e uma reflexão sobre práticas pedagógicas interdisciplinares, na perspectiva de melhoria da qualidade do processo de ensino e aprendizagem dos estudantes. Tudo de acordo com as normas estabelecidas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB nº 9394/1996, em seu artigo 67, e a meta 16 do Plano Nacional de Educação (PNE 2011-2020).
“O Curso de Especialização em Fundamentos da Educação: Práticas Pedagógicas Interdisciplinares é parte integrante do Plano de Gestão Paraíba Faz Educação, lançado em agosto de 2011. Terá duração de 12 meses e será realizado em nove módulos, cujos conteúdos curriculares estarão voltados para os eixos temáticos norteadores da Educação no Estado da Paraíba, tais como: Educação e Identidade, Educação e Tecnologia, Educação e Campo, Educação e Cidadania, Educação e Cultura, Educação e Cidade, Educação e Comunicação, Educação e Trabalho e Educação e Pesquisa”, destacou a secretária.
Segundo a gerente de Recursos Humanos da SEE, Ana Carolina Vieira, a carga horária do curso será de 360 horas, das quais 160 horas serão destinadas as atividades à distância, desenvolvidas por meio da Plataforma Moodle, e 200 horas destinadas às atividades presenciais, realizadas aos sábados, das 7h às 12h, em 12 polos localizados nos seguintes municípios: Araruna, Campina Grande, Catolé do Rocha, Cuité, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga, João Pessoa, Monteiro, Patos, Princesa Isabel e Sousa.
Ana Carolina avisa que poderão se inscrever para o Curso de Especialização todos os profissionais da educação que sejam servidores efetivos da rede estadual de educação básica, possuir diploma de graduação, estar em exercício de suas funções, lotado nas Unidades de Trabalho (UTBs) da Secretaria de Estado da Educação (Escolas, Gerências Regionais de Ensino e Órgão Central).
“A inscrição implica no reconhecimento e na aceitação pelo candidato de todas as condições previstas pela Secretaria de Estado da Educação, não cabendo recursos. Não serão aceitas inscrições fora do período estipulado”, observou.
Matrícula dos inscritos – Para efetiva participação na Especialização os profissionais de educação inscritos deverão realizar sua matrícula junto à Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Instituição de Ensino Superior credenciada para a execução do Curso, no período de 03 a 12 de dezembro, das 07h às 12h e das 14h às 17h, nos Campus da UEPB localizados nas cidades de Campina Grande, João Pessoa, Monteiro, Patos, Araruna e Guarabira.
No ato da matrícula é imprescindível que os profissionais inscritos apresentem os seguintes documentos: comprovante de inscrição, diploma de graduação (original e cópia), histórico escolar (original e cópia), duas fotos 3×4 e  documentos pessoais (RG, CPF e Comprovante de Residência).
A relação de alunos matriculados deverá ser divulgada pela UEPB no site www.uepb.edu.br e pela Secretaria de Estado da Educação  no sitewww.paraiba.pb.gov.br/educacao no dia 14 de dezembro de 2012.  A aula inaugural será realizada no dia 15 de dezembro em local a ser divulgado posteriormente.
A secretária da Educação em exercício, Márcia Lucena, informa ainda aos profissionais de educação matriculados para o Curso de Especialização que não serão dispensados de suas atividades, não cabendo, portanto, pedido de licença para capacitação prevista no Artº 88 da Lei Complementar nº 58/2003 que dispõe sobre o regime jurídico dos servidores Públicos Civis do Estado da Paraíba.
Os casos omissos serão analisados pela SEE que se reserva o direito de analisar e deliberar sobre os mesmos. Para maiores orientações, entrar em contato com a Gerência de Recursos Humanos da Secretaria de Estado da Educação, por meio dos telefones: (083) 3218-4049/ 3218-4052/ 3218-4076 / 3218-4051.

CRONOGRAMA
PERÍODO
DESCRIÇÃO
19 a 30/11/2012
Inscrições on-line
03 a 12/12/2012
Matrículas na UEPB
14/12/2012
Divulgação dos alunos matriculados
Fonte: http://www.paraiba.pb.gov.br/59685/governo-oferece-curso-de-pos-graduacao-para-professores-da-rede-estadual-de-ensino.html

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

GUARABIRA, O FUTURO, NEM VERDE NEM MADURO



Alexandre Moca
Alexandre Moca - Texto e imagens
Extraído do: http://www.facebook.com/alexandre.moca 
Guarabira em seus 125 anos de emancipação política

Cada qual que reside em Guarabira desenvolveu uma maneira própria de olhar a cidade, angulado, certamente, a partir do local onde mora, trabalha, se diverte ou até mesmo a partir de suas expectativas com a relação a cidade. Olho Guarabira fotograficamente há algum tempo e hoje, que ela completa mais um ano da sua emancipação política, entendo, modestamente, que o maior desafio continua sendo trazê-la para o presente, um presente no formato que a urbe precisa e merece, considerando o seu tamanho e importância. 
Temos que transformar o orgulho de inegavelmente sermos polo industrial, comercial, político e econômico de toda uma região, em contribuição efetiva para sair do caos urbano em que nos transformamos. Coisas simples como: em havendo lixeiras, que não joguemos o resto do saco de batatinhas no meio da rua; em havendo calçadas, que elas sejam dos pedestres e não dos comerciantes que não se contentam co
m o espaço físico de suas lojas, dentre outros comportamentos mais simples ainda, porém cidadãos.
Que Guarabira possa oferecer oportunidade a todos, mas com alguma ordem e disciplina. Que o receio de ferir interesses individuais ou de grupos não atrapalhe o que pode ser feito para melhorar a cidade de todos.
Que o ato de criticar seja cada vez mais construtivo e, se possível, venha acompanhado de alguma boa sugestão. Que a denuncia sobre a omissão, ação ou inação do poder público seja um gesto cidadão e não venha imantado da politiquice que só serve para nos manter fixados no atraso e ancorados na ignorância.
Que os que fazem a mídia sejam capazes de convocar a população para as grandes discussões a respeito do futuro da cidade, tornando-se partÍcipes ativos do seu desenvolvimento.
Não é muito, tenho certeza, mas seria um bom começo.
 — GUARABIRA CENTENÁRIA (16 fotos)

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Curso de Pós-graduação para professores do Estado da Paraíba

o Governo do Estado da Paraíba através da Secretaria de Educação e em parceria com a UEPB, oferece o Curso de Especialização em Educação para os professores efetivos do ensino básico do Estado da Paraíba. 
O Curso ocorrerá durante todo o ano de 2013, com 360 horas de duração, 09 módulos (presenciais e a distância). 
Mesmo para os professores que já possuem especialização, será muito importante participar, pois o objetivo é reciclar, e ampliar a base de formação em nível de pós para todos os professores interessados. 
Essa especialização poderá abrir importantes portas na direção do mestrado.
 COMO PARTICIPAR http://www.paraiba.pb.gov.br/59685/governo-oferece-curso-de-pos-graduacao-para-professores-da-rede-estadual-de-ensino.html
As matriculas serão em cada unidade da UEPB, diretamente na secretarias dos centros. inscrições até o dia 30 de nov. no site acima citado e matriculas do dia 03 ao 12 de dez, nas secretarias da UEPB, em cada polo onde houver UEPB. 
Documentos para Matricula: copias e originais do diploma; 02 fotos 3X4, copia e original do CPF, Identidade e copia de endereço, além da ficha de inscrição feita na internet.
maiores informações sobre o Polo de Guarabira com o prof. Belarmino 83 8737 3714

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

EXPERIMENTANDO TRILHAS ALTERNATIVAS


Foto de Alder Júlio Ferreira Calado
fonte: http://www.diocesedepesqueira.com.br

 Texto de Alder Júlio Ferreira Calado
         
 Cada um, cada uma de nós é testemunha ou, pelo menos, já ouviu relatos de experiências grávidas de alternatividade, que nos reencantam o viver e restituem a esperança. Experiências que andam acontecendo, por vezes, bem perto de nós. E, no entanto, logo, logo, cedemos ao bombardeio incessante de ocorrências e situações que sufocam o nosso dia-a-dia, e até fazendo-nos esquecer ou subestimar as coisas boas às nossa voltas. Eis uma perigosa armadilha!

Falecimento de VANDERLEY CAIXE, militante dos Direitos Humanos


VANDERLEY CAIXE
CIDADÃO PARAIBANO, DO BRASIL E DO MUNDO
 
Faleceu Vanderley Caixe, neste dia 13 de novembro de 2012.
fonte: juntosomos-fortes.blogspot.com

Outorgado cidadão paraibano, graças aos trabalhos prestados em prol dos Direitos Humanos na Paraíba, o reconhecimento público também se estendia à conduta com a qual o Companheiro Vanderley Caixe havia se movido, sofrido e vivido os tempos difíceis dessa última metade do século XX, alimentado pelo calor dos que lutam em busca da dignidade humana.
Nascera Vanderley Caixe num momento de grande catástrofe moral e política de nosso planeta. O nazismo e o fascismo se digladiavam com os ideais de liberdade, solidariedade e autonomia dos povos. Era a Segunda Guerra. O segundo flagelo mundial de nosso século. Um ano mais tarde, em 1945, ao horror perpetrado por Hitler e Mussolini se somaria o inaugurado pelos Estados Unidos em Hiroshima e Nagasaki: a bomba atômica. As armas, a partir de então, seriam nucleares, mais potentes, enfim, para o sucesso das guerras promovidas pelos países hegemônicos.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Corredor de Leitura


Aos interessados por poesia e Augusto dos Anjos vejam mensagem de Lau Siqueira - No próximo dia 14 de dezembro estaremos retomando o projeto Corredor da Leitura, em Sapé, terra do poeta Augusto dos Anjos. O lançamento será no Centro Social Urbano Augusto dos Anjos, naquela cidade. Vai rolar um suco de tamarindo e vamos fazer um sarau com poemas de Augusto.
Na verdade, estamos retomando o projeto CORREDOR DA LEITURA nos espaços do Governo do Estado, buscando envolver funcionários e comunidade. Para quem não conhece o projeto CORREDOR DA LEITURA foi lançado na Secretaria de Desenvolvimento Social, em João Pessoa. Resume-se a uma estante com livros disponíveis, sem controle de saída ou chegada. Os empréstimos, as trocas, as doações, serão todas espontâneas... a liberdade e o gosto pela leitu
ra é o que move o CORREDOR DA LEITURA.
Portanto, se vc tiver livros para doação, pode entrar em contato comigo ou com Marcella Arbia que é, atualmente, a pessoa responsável pelos CSUs.

Gracias!
--
Lau Siqueira
POESIA SIM - www.poesia-sim-poesia.blogspot.com 
PELE SEM PELE - www.lau-siqueira.blogspot.com 
“Eu me interesso pela linguagem porque ela me fere ou me seduz”.
(Roland Barthes)

poesia sim
www.poesia-sim-poesia.blogspot.com

Luiz Couto entre os 20 melhores do Congresso Nacional

Paraíba, 12/11/2012
Couto é relacionado entre os 20 melhores da Câmara e se destaca no combate ao crime organizado
Aconteceu na noite da quinta-feira (8), no Unique Palace, em Brasília, a entrega do Prêmio Congresso em Foco aos parlamentares mais atuantes na Câmara Federal e no Senado, conforme votação realizada por jornalistas e internautas.
Luiz Couto (PT), que já estava na relação dos 25 que mais se destacaram na Câmara, obteve na votação geral um resultado ainda mais confortável: terminou entre os 20 melhores deputados do país, além de ter sido incluído pelos internautas na categoria especial de Combate ao Crime Organizado. Ele foi o único parlamentar da Paraíba escolhido para participar do evento.

domingo, 11 de novembro de 2012

Curso de Extensão para Concurso Público da PB


                                           
           
ATUALIZAÇÃO DOCENTE PARA O CONCURSO PÚBLICO DE PROFESSORES DO ESTADO DA PARAÍBA

Público-alvo: ACADÊMICOS DO CENTRO DE HUMANIDADES INSCRITOS NO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DA EDUCAÇÃO BÁSICA E DEMAIS INSCRITOS.
Vagas: 200.
Área de abrangência: CIDADE DE GUARABIRA E SEU ENTORNO.
Duração: 01 A 02 SEMANAS, COM ATIVIDADE PRESENCIAL AOS SÁBADOS.
Instituição proponente: UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA – CAMPUS III .

Endereço completo da UEPB/CH (Local da inscrição na Secretaria do CH)
BAIRRO: AREIA BRANCA – PB, 75 KM - 01 - Cidade: GUARABIRA

Fone/fax: (83)3271-3223 e (83)3271-4080.

Para inscrição no projeto é necessário:
1.  Apresentar um comprovante de matrícula ou documentos comprobatório de situação estudantil no CH ou que já concluiu curso na instituição;
2.  Fornecer comprovante de inscrição no concurso público para o magistério;
3.  Doar um quilo de alimento não perecível que será destinado a instituições sociais que lidam com crianças e adolescentes em situação de risco, a exemplo da Thalyta, FUNDAÇÃO CUCA, AMEC, entre outras.
4.  Opcionalmente poderá ser feita a doação de um livro de literatura infantil.


Coordenadora: Prof.ª RITA DE CÁSSIA DA ROCHA CAVALCANTE.


Cronograma das Atividades


Data: 17 de novembro de 2012.


Manhã

Atividade
Horário
Área
Aula
08:00 – 09:00
Geografia
Aula
09:00 – 10:00
História
Aula
10:00 – 11:00
Afrodescendentes
Aula
11:00 – 12:00
Língua Portuguesa

Tarde

Atividade
Horário
Área
Aula
13:00 – 14:00
Didática
Aula
14:00 – 15:00
Didática



Data: 24 de novembro de 2012.


Manhã

Atividade
Horário
Área
Aula
08:00 – 09:00
Geografia
Aula
09:00 – 10:00
História
Aula
10:00 – 11:00
Afrodescendentes
Aula
11:00 – 12:00
Língua Portuguesa


Tarde

Atividade
Horário
Área
Aula
13:00 – 14:00
Didática
Aula
14:00 – 15:00
Didática


sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Comunidade Quilombola no Agreste da Paraíba

Escrito por Folha do Sertão - Fonte: Folha do Sertão

O estado da Paraíba teve mais uma comunidade remanescente de escravos reconhecida como comunidade quilombola pelo Incra. Portaria de 10 de Janeiro deste ano, assinada pelo presidente do INCRA, Celso Lacerda, reconhece e declara a comunidade Pedra D’Água, no município de Ingá, a 95 quilômetros de João Pessoa, no Agreste paraibano, Zona da Mata Sul, como terras da comunidade remanescente de quilombola.



Centro de Humanidades - Guarabira
Departamento de Geografia
Prof. Dr. Belarmino Mariano Neto belogeo@yahoo.com.br

Disciplina: Teoria da Geografia
Carga horária de 60 horas aulas – Turma: 2012.1 e 2012.2
PROGRAMA DE CURSO

Ementa:Teoria e linguagens geográficas, A geografia enquanto ciência, ramos da geografia, campos de estudo, categorias geográficas, princípios geográficos, evolução do conhecimento geográfico, correntes de pensamento e teóricos, o pensamento geográfico no Brasil.

Objetivo Geral: Compreender os fundamentos teóricos e escolas de pensamento geográfico, considerando a evolução da ciência geográfica.

Objetivos Específicos: Apresentar as principais categorias e princípios geográficos; Expor as principais correntes de pensamento geográfico e suas fundamentações teóricas; Demonstrar as diferentes possibilidades metodológicas para a construção de uma pesquisa geográfica; Discutir técnicas, problemas e objetos que justifiquem a escolha de uma metodologia de pesquisa geográfica.

Metodologia: Orientação e acompanhamento de leituras, debates, seminários, aulas expositivas dialogadas; oficina experimental de projetos de pesquisa e produção de textos/artigos.
Avaliação: sistema contínuo com participação direta, presencial e produção intelectual apresentada de forma escrita ou oral, contextualizada e exposta ao debate/crítico.

Conteúdo Programático

1. A construção do Pensamento geográfico: Correntes de pensamentos, fundamentos teóricos e ideologias geográficas; Crise paradigmática do mundo moderno e perspectivas para a pesquisa geográfica; princípios e categorias geográficas.
2. A Geografia enquanto Ciência da Sociedade: Origens e pressupostos da geografia, ideologias geográficas, herança filosófica, os fundadores e as renovações do pensamento geográfico.
3. Geografia: Espaço, Tempo, Sociedade e Natureza. Os movimentos de renovação da geografia e a geografia crítica.
4. Geografia: lugar, paisagem, território, região cultura e ambiente. Princípios, correntes e ideologias da ciência geográfica contemporânea.

Bibliografia:
AMORIM, filho, O. B. Reflexões sobre as tendências teórico-metodológicas da Geografia. Belo Horizonte, ICHS, UFMG, 1978.
ALBUQUERQUE JÚNIOR, Durval Muniz. Preconceito contra a origem geográfica de lugar – as fronteiras da discórdia. São Paulo: Cortez, 2007.
ANDRADE, Manoel Correia de. Geografia Ciência da Sociedade: uma introdução à análise do pensamento geográfico. São Paulo: Atlas, 1992.
ANDRADE, Manoel Correia de. (Org.) Élisée Reclus: Geografia. São Paulo: Ática, 1985.
ALVES, Giovanni; MARTINEZ, Vinício (Orgs.).Dialética do Ciberespaço – trabalho, tecnologia e política no capitalismo global. Bauru/SP: Editora Praxis (Document Arminda), 2002.
ASSOCIAÇÃO DOS GEOGRAFOS BRASILEIROS. Geografia, Território e Tecnologia.São Paulo: Terra Livre, nº 9, 1º semestre 1992.
ASSOCIAÇÃO DOS GEOGRAFOS BRASILEIROS. Geografia espaço & memória. São Paulo: Terra Livre, nº 10, 1º semestre 1994.
ASSOCIAÇÃO DOS GEOGRAFOS BRASILEIROS. Paradigmas da Geografia (Parte I).São Paulo: Terra Livre, nº 16, 1º semestre 2001.
ASSOCIAÇÃO DOS GEOGRAFOS BRASILEIROS. Paradigmas da Geografia (Parte II).São Paulo: Terra Livre, nº 17, 2º semestre 2001.
CARNEIRO, Sandra de Sá; SANT´ANNA, M. J. G. (Orgs.). Cidade: olhares e trajetórias. Rio de Janeiro: Garamond universitária, 2009.
CASTRO, Iná E. GOMES, Paulo C. C. e CORRÊIA, R. L. (Org.). Explorações Geográficas. São Paulo: Bertrand Brasil, 1997.
CASTRO, Iná E. GOMES.& MIRANDA, Mariana. EGLERE, Cláudio A. G. (Org.). Redescobrindo o Brasil: 500 anos depois. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1999.
CASTRO, Iná Elias de. Geografia e política: território, escala de ação e instituições. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2005.
CHRISTOFOLETTI, Antônio. Perspectivas da Geografia. Difel, São Paulo, 1982
CHAUI, Marilena. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 2000.
CORRÊA, Roberto Lobato. Região e organização espacial. 2 ed. São Paulo, Ática, 1987.
CORRÊA, Roberto Lobato. Trajetórias geográficas. Rio de Janeiro/RJ: Bertrand Brasil, 2005.
DANTAS, Aldo. Pierre Monbeig – um marco da geografia brasileira. Porto Alegre/RS: Editora Sulina, 2005.
DOLFUSS, Oliviar. O espaço geográfico. Difel, São Paulo, 1978.
FERNANDES, Manoel. Aula de Geografia. Campina Grande-PB: Bagagem, 2003.
FILHO, Ciro Marcondes. Sociedade Tecnológica. São Paulo: Scipione, 1994.
HARTSHORNE, Richard. Propósitos e natureza da Geografia. Hicitec, São Paulo, 1978.
KROPOTKIN, Piort. O Estado e seu papel histórico. São Paulo: Imaginário/ Nu-sol/PUC-SP, 2000.
KROPOTKIN, Piort. Teoria e Método (Seleção de Textos Por José William Vesentini). São Paulo: Boletim da AGB 13, 1986.
LACOSTE, Yves. Geografia do Subdesenvolvimento. São Paulo; Difel, 1985.
LACOSTE, Yves.A Geografia – isso serve, em primeiro lugar para fazer a guerra. São Paulo: Papirus, 1985.
LÉVY, Pierre. A inteligência Coletiva – por uma antropologia do ciberespaço. São Paulo: Loyola, 2000.
LÉVY, Pierre. Cibercultura.São Paulo: editora 34, 2000.
MACIEL, Caio Augusto Amorim (Org.). Entre Geografia e Geosofia – abordagens culturais do espaço. Recife/PE: Editora da UFPE, 2009.
MARIANO NETO, Belarmino. Ecologia e Imaginário: memória cultural, natureza e submundialização.João Pessoa: UFPB/Universitária, 2001.
MARIANO NETO, Belarmino. Geografia: Textos, contextos e pretextos para o planejamento ambiental. Guarabira: Gráfica São Paulo, UEPB, 2003.
MARIANO NETO, Belarmino; ARRUDA, Luciene Vieira (Orgs.). Geografia e Território –Planejamento urbano, rural e ambiental. João Pessoa: Ideia, 2010.
MARIANO NETO, Belarmino. http://observatoriodoagreste.blogspot.com– artigos, dissertações e teses, vários anos.
MORAES, Antonio Carlos Robert. Ideologias Geográficas. São Paulo: Hulcitec, 1996.
MORAES, Antonio Carlos RobertGeografia Pequena História Crítica. São Paulo: Hucitec, 1991.
MOREIRA, Ruy. O Circulo e a Espiral: A crise paradigmática do mundo moderno. Rio de Janeiro: Obra Aberta, 1993.
MOREIRA, Ruy. O que é Geografia. São Paulo: editora brasiliense, 1985.
NOGUEIRA, Alexandre Peixoto Faria (2009), O Anarquismo como Método de Análise Geográfica: uma breve reflexão epistemológica. Disponible en http://observatoriogeograficoamericalatina.org.mx/egal12/Teoriaymetodo/Teoricos/12.pdf
OLIVA, Jaime e GIANSANTI, Roberto. Espaço e Modernidade – temas de geografia mundial. São Paulo: Atual, 1995.
RYBCZYUNSKI, Witold. Vidas nas Cidades –expectativas urbanas no novo mundo. Rio de Janeiro e São Paulo: Record, 1995.
SANTOS, Boaventura de Sousa. Pela mão de Alice – o social e o político na pós-modernidade. São Paulo: Cortez, 2001.
SANTOS, Milton. Por uma geografia nova. São Paulo: Hucitec, 1986.
SANTOS, Milton. As Metamorfoses do Espaço Habitado. São Paulo: Hucitec, 1994.
SANTOS, Milton. Por uma outra globalização – do pensamento único à consciência universal. RJ/SP: Record, 2001.
SANTOS, Milton. Da totalidade ao Lugar. São Paulo: edusp, 2008.
SAQUET, Marcos Aurélio. Por uma geografia das territorialidades e das temporalidades – uma concepção multidimensional voltada para a cooperação e para o desenvolvimento territorial. São Paulo: Editora Outras Expressões, 2011.
SODRÉ, Nelson Wernack. Introdução à Geografia. Vozes, Rio de Janeiro, 1977.
TERRA BRASILIS. Geografia e Pensamento Social Brasileiro. Rio de Janeiro: Grupo de Trabalho de História do Pensamento Geográfico no Brasil, Ano I, nº 2, Jul/Dez. 2000.
TERRA BRASILIS. Dossiê América Latina. Rio de Janeiro: Grupo de Trabalho de História do Pensamento Geográfico no Brasil, Ano II,nº 3, 2001.
VITTE, Antonio Carlos (Org.). Contribuições à História e à Epistemologia da Geografia. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.
WANDERLEY, Maria Nazaré Baudel (Org.). Globalização e desenvolvimento sustentável: dinâmicas sociais rurais no Nordeste brasileiro. São Paulo/Campinas: Editora Polis, 2004.