terça-feira, 25 de janeiro de 2011

AS OCUPAÇÕES DESORDENADAS E A TRANSFORMAÇÃO TERRITORIAL NO BAIRRO DO NORDESTE I - GUARABIRA-PB


AS OCUPAÇÕES DESORDENADAS E A TRANSFORMAÇÃO TERRITORIAL NO BAIRRO DO NORDESTE I - GUARABIRA-PB

Autora: MÔNICA ALVES BEZERRA

Orientador: Profº. Dr. Belarmino Mariano Neto - DGH/UEPB

Banca Examinadora: Profª. Esp. Cléoma Maria Toscano Henriques - DGH/UEPB

Profª. Ms. Regina Celly Nogueira - DGH/UEPB

RESUMO

A presente pesquisa baseia-se na fundamentação teórica relacionada ao conceito de território. Baseando-se na categoria de análise Território, tomou-se como alicerce a linha de pesquisa Poder Local e Organização do Espaço, amparando-se na Geografia Urbana. Este trabalho monográfico aborda o problema das ocupações desordenadas e sua interferência na transformação do território e o modo como os mesmos são enfrentados pela sociedade, bem como as possíveis alternativas, que possam contribuir para superá-los. Para tanto, bairro do Nordeste I, localizado na cidade de Guarabira-PB, foi colocado como objeto de estudo para o desenvolvimento desta pesquisa. Portanto, o objetivo é analisar as principais causas que levam a ocorrência deste tipo de ocupação desordenada, como também as consequências que surgem em virtude desta problemática, bem, como estudar a questão do planejamento urbano no tocante a sua importância e atuação no correto processo de construção do território do Nordeste I. Como procedimentos metodológicos foram utilizados, discussões baseadas em autores, pesquisa de campo, realizando entrevistas aos moradores com o objetivo de conhecer os problemas que os afligem. Realizaram-se consultas a entidades a exemplo do IBGE, pesquisou-se também em órgãos como FUNASA e o Poder Público Municipal, além dos registros fotográficos. A partir do entendimento do fenômeno estudado e observando as práticas desenvolvidas no Bairro, pode-se entender que as transformações territoriais ocorridas no Nordeste I, é resultado de um complexo que abrange os problemas sociais, econômicos e políticos que estão interligados ao modelo construtivo do território, juntamente com o tipo de ação desenvolvida ou omissa do poder público. Para concluir destacou-se o dever do poder público municipal na prática, tanto de medidas de planejamento, quanto a questão das políticas públicas para que venha atender as reais necessidades dos moradores, afim de que possa proporcionar a transformação sócio-territorial, através do acesso a dignidade e a cidadania, sobretudo, para a população de baixa renda a exemplo do Nordeste I.

Palavras-Chave: Ocupações, transformação do espaço, problemas sociais.

Nenhum comentário: