domingo, 2 de março de 2014

Educação é ponto crucial nas Diretrizes da Aliança PSB-REDE-PPS

necaartigo
Por Rede Sustentabilidade, 25 de fevereiro de 2014
Melhorar a educação brasileira é essencial para o desenvolvimento do país. Uma afirmação tão óbvia deveria vir sempre acompanhada de propostas e exemplos de ações que podem de fato levar a alguma mudança. Apesar disso, o que se vê quando esse assunto é abordado é muita crítica e poucas ideias. Pior é a atitude de muitos governantes, apáticos diante de uma situação de pura estagnação. Para a Aliança PSB-REDE-PPS, esse tema é crucial e tem sido constantemente debatido, levando a conclusões sólidas sobre os melhores modelos a serem adotados no país. A proposta da Aliança é utilizar exemplos de sucesso no Brasil e no mundo para assegurar mais competência e mais compromisso com a aprendizagem e a oferta de conteúdo aos estudantes.
A socióloga Neca Setúbal, doutora em psicologia da educação, membro da Comissão Nacional Provisória da Rede Sustentabilidade e presidente do conselho do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), participou da sistematização do conteúdo das Diretrizes do Programa de Governo da Aliança PSB-REDE-PPS, apresentadas em Brasília na semana passada. Para ela, não é preciso reinventar a roda. Retornos podem ser obtidos de ideias simples, desde que haja vontade e organização. Ela lista vários exemplos que estão dando certo e que valem a pena ser seguidos.
Em educação, o Ceará é o estado que mais se destaca no Nordeste. Eles priorizaram com sucesso a alfabetização das crianças, conseguiram ter uma continuidade das políticas de educação desde 1995 e têm uma parceria eficiente com os municípios, o que possibilita um fortalecimento da educação no nível local”, conta Neca. Assim como o compromisso com as políticas adotadas, a educação integral é outro caminho a seguir. O melhor exemplo nesse sentido vem de Pernambuco. O estado possui hoje 260 Escolas de Referência em Ensino Médio. São 122 unidades funcionando em horário integral e 138 em jornada semi-integral. A previsão da Secretaria de Educação é que até o fim de 2014 sejam implantadas mais 40 unidades. “Em Pernambuco, a implantação de educação integral no Ensino Médio é uma grande conquista”, complementa a psicóloga.
continue lendo: 

Nenhum comentário: