segunda-feira, 20 de maio de 2013

Programa de Biogeografia



Departamento de Geografia e Coordenação de Geografia 
Professores: Belarmino Mariano Neto (belogeo@yahoo.com.br)


PLANO DE CURSO

1. EMENTA DA DISCIPLINA
Biogeografia: Conceitos e divisões. Evolução, campos de estudo e tendências atuais da Biogeografia. Princípios biogeográficos. A Biosfera e as relações de interdependência. A distribuição dos seres vivos: fatores. Os fatores ecológicos. Os Biomas terrestres. A interferência do homem nos Biomas terrestres. Fitogeografia e Zoogeografia do Brasil. A degradação dos ecossistemas brasileiros. Aplicações da Biogeografia.

2. OBJETIVO(S)
Compreender os mecanismos da distribuição dos seres vivos no tempo e no espaço. Ressaltar o caráter interdisciplinar da Biogeografia através das interrelações entre a abosdagem ecológica e geográfica. Enfatizar as relações entre a Biogeografia, a conservação da natureza e o planejamento ambiental.

3. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

UNID.                                            ASSUNTO                                                

  
   I -        Biogeografia: conceitos e divisões
1.       A evolução da biogeografia;
2.       A biosfera campo da biogeografia;
3.       Conceito de meio ambiente;                    
4.       As ciências auxiliares da biogeografia;
5.       Biogeografia e Ecologia.

    II -      Classificação e Evolução dos seres vivos
1.       Categorias Sistemáticas;
2.       Classificação dos Animais;                                                       
3.       Classificação dos Vegetais;
4.       A coluna cronogeológica.

   III  -     Distribuição  das Espécies

1.       Distribuição Geográfica;

2.       Distribuição Ecológica;                                                        

3.       Deriva Continental.  


     IV -       1.  Componentes de um ecossistema;
                  2.  Cadeias alimentares;                                                           
3.   Relações Harmônicas e desarmônicas.

     V  -   Os Grandes Ecossistemas da Terra
1.       Tundra, Taiga, Floresta Temperada, Floresta Tropical,    
      Campos e Desertos;                                                             

    VI  -      1.   Regiões Fito-Geográficas do Brasil;
2Conservação da Natureza.



4. MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO-APRENDIZAGEM
Aulas expositivas dialogadas. traballho campo. Estudos dirigidos. Leitura de mapas. Debates.


5. RECURSOS DIDÁTICOS
Quadro. Apresentação em Projeto multimidia. Mapas. Vídeos,

6. TÉCNICAS DE AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
Seminários; redação de Artigos; Relatórios; Fichamento de textos.

7. BIBLIOGRAFIA

ABÍLIO, F. J. P.(org.) Bioma Caatinga: ecologia, biodiversidade, educação ambiental e práticas pedagógicas. João Pessoa: Universitária UFPB, 2010.
AB’SABER, A. N. Os domínios de natureza no Brasil: potencialidades paisagísticas. São Paulo: Ateliê Editorial, 2003.
AB”SABER, A.N. Ecossistemas do Brasil. São Paulo: Metalivros, 2009.
Dicionário de Ecologia e Ciências Ambientais. São Paulo, Compainha Editora melhoramentos (Dicionários Temáticos melhoramentos.) 1998.
ARRUDA, Luciene Vieira; MARIANO NETO, Belarmino (Orgs.). Geografia e Território – Planejamento urbano, rural e ambiental. João Pessoa: Ideia, 2013. Volume II.
DE MARTONNE, Emm. Tratado de Geografia Física. Barcelona, Provenza,     101, Editora Juventud – Tomo 2. 1975.
DREW, David. Processos Interativos Homem-meio ambiente. Rio de janeiro: Bertrand Brasil, 2010.
LUETZELBURG, Phillipp Von. Estudos Botânico do Nordeste. Volume 1. Ministério da Aviação e Obras Públicas.
MARIANO NETO, Belarmino. Ecologia e Imaginário: memória cultural, natureza e submundialização. João Pessoa: UFPB/Universitária, 2001.
MARIANO NETO, Belarmino. Geografia: Textos, contextos e pretextos para o planejamento ambiental. Guarabira: Gráfica São Paulo, UEPB, 2003.
MARIANO NETO, Belarmino; ARRUDA, Luciene Vieira (Orgs.). Geografia e Território – Planejamento urbano, rural e ambiental. João Pessoa: Ideia, 2010.
MARIANO NETO, Belarmino. http://observatoriodoagreste.blogspot.com – artigos, dissertações e teses, vários anos.
MARTINS, Celso. Biogeografia e Ecologia. 5. ed. São Paulo, Nobel, 1985.
MOREIRA, Ruy. O Circulo e a Espiral: A crise paradigmática do mundo moderno. Rio de Janeiro: Obra Aberta, 1993.
ODUM, Eugene P. Ecologia.Rio de Janeiro: Editora Guanabara: 1988.
PASSOS, Messias Modesto. Biogeografia e Paisagem. Maringá/ PR: Edições do Autor, 1998.
PEREIRA, João Batista da Silva e ALMEIDA, Josimar Ribeiro de. Biogeografia  e Geomorflogia. In:  GUERRA, Antônio José Teixera e CUNHA, Sandra Baptista. Geomorfolologia e Meio Ambiente. Rio de Janeiro, Editora Bertrand Brasil. 1996.
PINTO, Maria Novais (org.) Cerrado: caracterização, ocupação e perpectivas. Brasília, UNB. 1993.
RIZZINI, C. T. de. Tratado de Fitogeografia do Brasil. Volume 1 e 2, Editora     Hucitec. São Paulo, 1978.
ROMARIZ, Dora de Amarante. Biogeografia: Temas e Conceitos. São Paulo: Scortecci, 2008.
RODRIGUES, José Manoel Mateo et al. Geoecologia das paisagens: uma visão geossistêmia da análise ambiental. Fortaleza: Edições UFC, 2007.
SAMPAIO, Everardo V. S. B.[et al].Vegetação e flora da caatinga. Recife : APNE, 2002.                               
SCHULTZ, Alarich R.H. Introdução à Botânica Sistemática. 4aed. Porto Alegre,   Ed. da Universidade, UFRGS.1984.
STORER, Tracy 1. & USINGER, Robert L. Zoologia Geral. Trad. Caludio Gilberto Froehlich. 4aed. São Paulo, Compainha Editora Nacional, 1973.
SUERTEGARAY. Dirce Maria Antunes. Geografia física e geografia humana: Uma questão de método - Um ensaio a partir da pesquisa sobre arenização. GEOgraphia, Rio de Janneiro, Vol. 12, No 23, p. 8 -29. 2010.
TROPPMAIR, Helmut. Biogeografia e Meio Ambiente. 8.ed. Rio Claro/ SP:Divisa, 2008.

Nenhum comentário: